Emagrecendo

A+ A A-
10-11-2011

Saiba como identificar seus sinais e sintomas!

Anorexia nervosa tem como característica a distorção da imagem corporal, com auto-avaliação inadequada e negação do baixo peso. A pessoa recusa-se a manter o peso corporal igual ou acima do mínimo normal adequado a idade e à altura.

Anorexia deriva da associação dos termos gregos an (ausência) e orexis (apetite), ou seja, falta de apetite.No caso da anorexia nervosa ocorre uma negação consciente para se alimentar e com o transcorrer do tempo, a falta de apetite se concretiza.

As pessoas com anorexia fazem de tudo para anular seu apetite e conseqüentemente emagrecerem, e quanto mais emagrecem, mais sentem a necessidade de perder peso, desenvolvendo um ciclo vicioso que pode levar a morte. As pessoas que sofrem de anorexia nervosa na verdade têm muita fome e apresentam muito interesse e preocupação com comida.

É comum que os familiares comecem a perceber que a pessoa está muito abaixo do peso muito tempo depois ou quando alguém aponta para esse fato. Apesar de familiares e as demais em volta notarem que a pessoa está muito abaixo do peso, ela insiste em negar, e continua emagrecendo.

A pessoa com anorexia nervosa costuma usar meios pouco usuais para emagrecer. Além da dieta é capaz de submeter-se a exercícios físicos intensos, induzir o vômito, jejuar, tomar diuréticos e usar laxantes.

Embora ingiram pouca quantidade de comida, normalmente não o fazem em lugares públicos e o tempo que se utilizam para terminarem uma refeição é grande, chegam a levar horas para comerem um simples almoço, sendo que os alimentos levados à boca ficam sem serem mastigados por um bom tempo.

Há dois tipos de pacientes com anorexia nervosa. Aqueles que restringem a alimentação e emagrecem e aqueles que têm episódios denominados binge (transtorno de comer compulsivo). Nesses episódios os pacientes comem descontroladamente até não agüentarem mais e depois vomitam o que comeram. Às vezes a quantidade ingerida foi tão grande que nem é necessário induzir o próprio vômito: o próprio corpo se encarrega de eliminar o conteúdo gástrico.

Principais sinais de sintomas:

• Se recusam a ingerir alimentos, principalmente os ricos em carboidratos e gorduras, o que causa a perda exagerada de peso. 

• Normalmente recusam a participar das refeições familiares, e se não tiverem alternativas, usam argumentos como: “já comi antes e não estou com fome”. 

• Existe uma preocupação exagerada com os valores calóricos dos alimentos, chegando a perder muito tempo fazendo cálculos para não ultrapassar o que elas acham correto, bem como tentando encontrar recursos para manter o controle.

• As anoréxicas têm um medo intenso e inexplicável de engordar e perdem o senso crítico com relação ao seu esquema corpóreo e ainda que extremamente magras ou mesmo caquéticas, essas pessoas julgam-se com excesso de peso, gordas.

• Interrupção do ciclo menstrual (amenorréia) e regressão das características femininas.

•  Atividade física intensa e exagerada.

• Muitas das pessoas com anorexia podem apresentar depressão, síndrome do pânico e comportamentos obsessivo-compulsivos (precisam controlar tudo que diz respeito a ela e estendem esse controle as pessoas mais próximas).

•  Pele extremamente seca e coberta por lanugo (pêlos parecidos com o “cabelo” de milho).

Causas:

Vários estudos apontam para alguns fatores que favorecem o aparecimento da doença: predisposição genética, o conceito atual de moda que determina a magreza absoluta como símbolo de beleza e elegância, a pressão da família, do grupo social e a existência de alterações neuroquímicas cerebrais, especialmente nas concentrações de serotonina e noradrenalina.

Alguns eventos negativos da vida da pessoa podem desencadear a anorexia, como perda de emprego, mudança de cidade, família com padrões muito rígidos, etc.

Quando surgem os primeiros sintomas?

Normalmente ocorre no início da adolescência, por volta dos 13 anos, sendo que a média do início é por volta dos 17 anos de idade, mas pode acontecer antes dessa fase. 

A maioria dos profissionais que se dedica ao estudo da anorexia nervosa percebe que o surgimento das características sexuais secundárias (aparecimento das mamas, das formas arredondadas, da menstruação), conferindo a essas meninas o "status" de mulher, coisa que elas rejeitam, determina o início dessa patologia.

Dificilmente começa depois dos 30 anos. Para os casos mais críticos há a necessidade de internação para a reposição de nutrientes.

As pesquisas mostram que as mulheres são muito mais acometidas pela anorexia nervosa, aproximadamente 90% dos casos são mulheres. Sua incidência tem aumentado muito nos últimos anos.

Nos Estados Unidos e Europa observou-se um crescimento de cerca de 10 vezes em 30 anos. Porém, é considerando também o número crescente de homens com transtorno: há cerca de 20 anos se tinha uma proporção aproximada de 20 mulheres para cada homem, agora, esse número é algo entorno de 10 mulheres para cada homem.

Conseqüências que a anorexia nervosa pode causar: 

A anorexia é especialmente mais grave na fase de crescimento porque pode comprometer o desenvolvimento normal da pessoa. 

Na fase de crescimento há uma necessidade maior de ganho calórico: se isso não é obtido a pessoa cresce menos do que cresceria com a alimentação normal. Caso o episódio dure poucos meses o crescimento pode ser compensado. Sendo muito prolongado impedirá o alcance da altura geneticamente determinada.

Tratamento:

Cada caso precisa ser avaliado cuidadosamente por uma equipe multidisciplinar capacitada para atender essa demanda. 

O psiquiatra cuidará da parte medicamentosa e o psicólogo trabalhará os aspectos psicológicos envolvidos nesse transtorno e promoverá condições para que haja mudanças comportamentais. Vários estudos vêm mostrando bons resultados no tratamento da anorexia nervosa, quando há a combinação dos métodos utilizados pela Psicologia Comportamental Cognitiva e o uso de medicamentos, além de acompanhamento de uma nutricionista.

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

blue green orange red

Nossos serviços são complementares à consulta com um médico ou nutricionista, não substituindo os serviços ou orientações destes profissionais.                                                                                      EMEX NUTRIÇÃO ORIENTADA. Todos os direitos reservados.

Login

Log in to your account or

Log in with Facebook

Register

«
»
Loading…