Emagrecendo

A+ A A-
10-11-2011

Cuidado com o consumo exagerado! Confira!

Bebidas energéticas podem ser ótimas aliadas naquele dia em que você tem milhares de coisas para fazer, quando  está faltando um certo gás. Mas, como tudo na vida, se for ingerida em excesso pode trazer problemas sérios de saúde. 

O nutrólogo Máximo Asinelli explica que a cafeína é o principal elemento dessas bebidas na ação para diminuir a sonolência. Ela age sobre o cérebro inibindo o sono. 


Com isso, o cérebro entende que há uma emergência em curso e dá o comando para a liberação de adrenalina no sangue, o que deixa a pessoa em estado de alerta rapidamente. 

Máximo explica que para manter a pessoa acordada e disposta, alguns ingredientes das bebidas energéticas atuam para acelerar o batimento cardíaco, um desses elementos é a taurina. "Um ponto importante é que a pessoa não faça exercícios após consumir tais produtos, pois com o coração acelerado, um esforço ainda maior pode levar a um colapso, um enfarte fulminante." 
 

Além do coração, é possível que o cérebro sofra danos. "Para que o sangue seja bombeado com mais facilidade - e, assim, se gaste menos energia - alguns componentes dos energéticos "diluem" o sangue, deixando-o mais "fino". O risco é de uma hemorragia cerebral.", explica o médico. 
 

Se o consumo for frequente, há ainda uma série de doenças nervosas e neurais que podem aparecer em longo prazo. A cafeína também estimula a perda de cálcio, magnésio e potássio, elementos fundamentais no metabolismo celular. "Perder o cálcio, especificamente, pode gerar uma perda de massa óssea no futuro." 
 

Especialmente entre os jovens, o consumo maior de bebidas energéticas é feito em baladas, misturada com vodka, por exemplo. Neste caso, o principal problema é a falsa sensação de sobriedade causada pelo energético. 
 

Máximo conta que muita gente acredita que o energético ajuda a diminuir os efeitos do álcool sobre o organismo, mas isso não é verdade. O que acontece é que a bebida energética aumenta a sensação prazerosa gerada pelo álcool e, ao mesmo tempo, faz com que a pessoa não perceba que está ficando bêbada. 
 

"Um dos riscos, por exemplo, é, depois da balada, o indivíduo achar que está em condições de dirigir, quando está totalmente embriagado. Abusar do álcool quando se faz a mistura também é muito fácil. Além de disfarçar a sensação de embriaguez, como o gosto fica muito mais agradável, a pessoa não tem dificuldade em beber muito além da conta." 


Fonte: Terra.com - Por Larissa Alvarez 

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

blue green orange red

Nossos serviços são complementares à consulta com um médico ou nutricionista, não substituindo os serviços ou orientações destes profissionais.                                                                                      EMEX NUTRIÇÃO ORIENTADA. Todos os direitos reservados.

Login

Log in to your account or

Log in with Facebook

Register

«
»
Loading…