Emagrecendo

A+ A A-

Danielle Salibian emagreceu 25,5 kg!

Domingo, 30 Outubro201111: 32 - C20111045000000Domingo31UTC 113131p://p11p.10UTC31/10am10000000amDomingo/p31_522R/f000000102011-10-30T11:32:45+00:003132201110.30am31UTC.p11p

O que o Emagrecendo significa para você?

 dani antesdani depois


"Eu estava muito acima do meu peso e isso me deixava deprimida. Além disso, havia a questão da minha saúde, pois meus joelhos não agüentavam mais o excesso de peso.

 

Eu sabia que teria de tomar uma atitude, mas não queria me privar de comer as coisas que gosto. E não queria ter outras experiências traumáticas com dietas como eu já tinha tido. Uma amiga que fazia o programa Emagrecendo me indicou e incentivou a adotar esse sistema, pois não seria muito sacrificado. Então, cheia de esperança, resolvi experimentar.

• Peso inicial: 82,5 kg
• Peso final: 57 kg
• Emagreceu: 25,5 kg

No começo, anotar tudo o que eu comia parecia difícil, mas uma das Nutricionistas me incentivou a continuar. Isso foi muito importante para mim, pois me senti amparada, eu não era só mais um número. Talvez, se ela (a Nutricionista) não tivesse me ajudado, eu teria desistido mesmo.

Bem, eu retomei o programa com força total, muito feliz em poder comer de tudo e não passar fome.

Com os resultados, fiquei cada vez mais motivada a me cuidar e passei a enxergar a vida de uma forma mais simples - não é preciso sofrimento para atingirmos nossas metas. Meus hábitos alimentares mudaram e conseqüentemente minha saúde tem melhorado.

O que mais me atraiu no programa foi o fato de poder comer o que (não o quanto) eu quiser na hora em que eu quiser. Além disso, o cuidado com o que sou tratada pela Equipe, que se disponibiliza para me ajudar em todos os momentos. É muito bom saber que não estou sozinha.

Quando eu comecei o programa, procurei me convencer de que seria um processo lento de emagrecimento, para eu fazer minha reeducação alimentar com calma e saúde, porém, a cada semana que eu me pesava, eu tinha emagrecido mais um pouquinho.

TODAS as pessoas que me conheceram quando eu estava gordinha ficaram admiradas e teceram elogios à minha força de vontade. Elas me perguntavam o que eu estava fazendo, as minhas roupas não me serviam mais, eu comecei a me sentir mais disposta, me senti mais bonita e capaz de conseguir o que eu queria. Eu usava aparelho nos dentes e calhou de terminar o tratamento junto com o meu emagrecimento. Sentia-me (ainda me sinto) como uma flor desabrochando. Parece até meio piegas, mas todas essas coisas acontecendo ao mesmo tempo me motivaram a seguir em frente.

Eu freqüentava um mercadinho perto da minha casa e parei de ir lá por um tempo. Um dia, depois de ter emagrecido bastante, voltei lá e uma das funcionárias achou que eu tivesse tido um bebê e me perguntou se era menino ou menina. Apesar de não querer deixá-la constrangida, contei que estava fazendo uma reeducação alimentar e que tinha emagrecido mesmo.

O contato com as nutricionistas sempre foi ótimo. Elas todas são muito atenciosas, descontraídas e sempre dispostas a me orientar.

Sinto que absorvi os ensinamentos do programa quando alguém conversa comigo sobre dietas. Há pessoas que tomam remédio (eu já fiz isso e não recomendo a ninguém), há outras que deixam de comer um tipo de alimento (carboidratos, por exemplo) e há até pessoas que deixam de comer! É claro que respeito a maneira que cada um se relaciona com sua alimentação e seu corpo, mas gostaria que eles descobrissem como eu que a gente pode fazer todas as refeições e comer de tudo e ainda emagrecer (sem sofrer).

As pessoas se surpreendem quando falo que como pizza ou tomo sorvete ou como chocolate...

Pra quem tá começando no programa, é importante estar determinado a mudar seus hábitos alimentares e não desistir. Uma outra dica é praticar uma atividade física. Se você não tem tempo, aproveite as oportunidades que você tem para andar, subir de escada sem ser rolante... Acho que acima de tudo é ter bom humor e calma. Confiar que vai chegar lá.

Se você é daqueles que costuma comer uma bela pratada de arroz e feijão, como eu, comece com salada. Muita salada. Veja na tabela que praticamente todas as verduras têm 0 pontos, assim como tomate, pepino, rabanete, broto de feijão... Assim você não estará mais com tanta fome quando chegar ao prato quente. Na verdade, essa foi a minha maneira de adaptação ao programa. Acredito que cada pessoa encontra a sua. ”

Danielle Salibian

Publicado em Casos de Sucesso
Pagina 12 de 12

blue green orange red

Nossos serviços são complementares à consulta com um médico ou nutricionista, não substituindo os serviços ou orientações destes profissionais.                                                                                      EMEX NUTRIÇÃO ORIENTADA. Todos os direitos reservados.

Login

Log in to your account or

Log in with Facebook

Register

«
»
Loading…