Emagrecendo

especial

Alimentação saudável SIM, Obsessão NÃO!

Terça, 01 Novembro201115: 23 - C20111151000000Terça30UTC 033030p://p03p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_683R/f000000112011-11-01T15:23:51+00:003023201111.01pm30UTC.p03p

A ortorexia pode atrapalhar o emagrecimento e os reais benefícios da boa forma. Entenda!

Se preocupar com o peso e balanceamento ideal das refeições é fundamental para a boa forma e qualidade de vida, porém quando esse valor torna-se uma inquietação descontrolada e excessiva aí pode ser um problema. A ortorexia pode ser definida como transtorno alimentar, caracterizada pela obsessão em controlar tudo que se come, onde os pensamentos sempre são voltados à saúde, alimentação e dieta.

As pessoas que sofrem desse distúrbio ocupam boa parte do tempo refletindo sobre dieta e tudo aquilo que é relacionado à nutrição. Ao observar um produto ou alimento, não analisa apenas o número de calorias, vitaminas, etc, mas sim todo o resto (composição, preparação, origem e, em alguns casos, até de que forma é realizada a comercialização dos alimentos). Caso haja na comida algum vestígio daquilo que não considera bom (mesmo que seja uma porcentagem mínima), como, por exemplo, a gordura saturada, a pessoa que apresenta tal distúrbio já descarta a refeição e não ingere nem ao menos uma porção considerada pelos profissionais de nutrição como segura e inofensiva. O ortoréxico também costuma ler detalhadamente os rótulos antes de comprar ou consumir um produto, e tem uma desconfiança exagerada dos alimentos preparados em restaurantes.

Em alguns casos, tais comportamentos influenciam na vida social da pessoa, pois o indivíduo pode distanciar-se daqueles que não seguem ou concordam com suas regras e ideais de cultura nutricional.

A restrição total nunca é boa. Não há alimentos proibidos no programa de reeducação alimentar do Emagrecendo. A nossa proposta também é fazer você conhecer e entender como agem no organismo alguns nutrientes presentes nos alimentos. A obsessão em manter uma alimentação perfeita, portanto, pode ter o efeito contrário: desequilíbrio de nutrientes. Qualquer alimento em excesso é ruim à saúde. Daí a importância da alimentação balanceada e a orientação adequada do nutricionista. Ele sim é o profissional ideal para tornar sua alimentação mais saudável e correta.

Publicado em Sua Saúde

Alimento nutritivo é saúde!

Terça, 01 Novembro201114: 45 - C20111140000000Terça30UTC 023030p://p02p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_656R/f000000112011-11-01T14:45:40+00:003045201111.01pm30UTC.p02p

Conheça alguns alimentos que podem auxiliar na função cardiaca, resistência, beleza e juventude!

Saúde é coisa séria. Atualmente, as pessoas se preocupam cada vez mais com o bem estar e como se adaptarem a comportamentos que promovam a qualidade devida. Sem dúvida, a alimentação equilibrada é também uma maneira de contribuir para o seu corpo, inclusive evitando enfermidades que poderiam surgir por contada deficiência nutricional, como a falta de algum tipo de vitamina ou mineral, que deixa o corpo mais fraco e suscetível à ação de vírus e bactérias.

Conheça um pouco sobre a boa alimentação:

Coração Fortalecido

Castanha do Pará, caju, nozes e amêndoas são ricas em gorduras boas e nutrientes que contribuem para a função cardíaca.

Mais Resistente!

Frutas como abacaxi, acerola, mexerica, laranja e limão são ótimas fontes da vitamina C, que dentre outros fatores agem na atividade dos glóbulos brancos do sangue, reforçando o sistema imunológico.

Beleza e Juventude

Brócolis, cenoura e abóbora são bons exemplos de vegetais e legumes com atividade antioxidante que protegem o corpo contra os radicais livres, moléculas reativas que em excesso causam prejuízos ao organismo, como o envelhecimento precoce.

Lembre-se que para ficar por dentro das propriedades nutricionais e funcionais dos alimentos, bem como os benefícios à saúde e como incorporá-los à sua dieta diária, a orientação de um nutricionista é fundamental. No Programa de Reeducação Alimentar do site Emagrecendo você poderá contar com informações valiosas e individuais sobre os tipos de alimentos e quantidades a serem ingeridas, para aproveitar ao máximo o que eles têm a oferecer.

Publicado em Sua Saúde

Suplemento alimentar não é anabolizante!

Terça, 01 Novembro201114: 40 - C20111152000000Terça30UTC 023030p://p02p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_653R/f000000112011-11-01T14:40:52+00:003040201111.01pm30UTC.p02p

Pesquisa mostra que produtos vendidos legalmente não contem anabolizantes na formulação!

Preocupada com a saúde de milhares de consumidores de suplementos alimentares, a Abenutri – Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais – encomendou uma pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), que analisou 31 amostras de suplementos de fabricantes do Brasil e Estados Unidos, com registro Ministério da Saúde e comercializados legalmente no país. O estudo, liderado pelo professor Marcos N. Eberlin, comprovou que 100% dos produtos analisados está livre da presença de esteróides anabólicos (anabolizantes) e outros tipos de doping nos produtos.

Foram analisados os produtos fabricados pelos brasileiros Rainha Lab Nutraceutico, Integralmedica e ADS Lab Nutricional. Entre os americanos estão a Optimun Nutrition, Universal Nutrition, Labrada, Cytosport, Next Protein, Nature´s Best, Arnold Nutrition e EAS. “Nenhuma das amostras observadas apresentou íons referentes à testosterona ou esteróides anabolizantes”, afirma Eberlin.

Os pesquisadores utilizaram metodologias clássicas universais para extrair e separar as substâncias das formulações. Em seguida, caracterizaram cada uma delas pelo método de Espectrometria de Massas, que identifica os diferentes átomos que compõem uma substância. “É como revelar o DNA do componente, chegando na estrutura da molécula. Com isso, obtivemos a certeza de que as formulações não continham anabolizantes“, explica o pesquisador.

A Abenutri comemorou o resultado, pois esse é um passo importante para o esclarecimento da opinião pública. “A pesquisa é de extrema importância, para reafirmar a segurança dos produtos legalizados. Ainda há muitos produtos sem procedência e registro no mercado negro da suplementação alimentar, frutos da falsificação e do contrabando. Nossa luta para que essa nuvem escura sobre o segmento desapareça só está começando”, comenta Euclésio Bragança, médico nutrólogo e presidente da ABENUTRI.

As amostras foram compradas em estabelecimentos comerciais autorizados na cidade de São Paulo, especializados no segmento de suplementação alimentar. “Com a pesquisa em mãos, o próximo passo é colaborar com as autoridades e encaminhar esse resultado à Anvisa para que o cerco à falsificação e ao contrabando seja apertado”, afirma Bragança.

No final do ano passado, a UNICAMP também divulgou uma pesquisa sobre os efeitos colaterais de anabolizantes, a qual constatou que o seu consumo associado ao treinamento físico intenso, resulta em deficiência do bombeamento cardíaco, aumento de colesterol LDL (colesterol ruim) e alterações de comportamento. O estudo contou com a colaboração de pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, da Universidade Federal de São Carlos e da área de Histologia da FOP.

Confira nossa matéria: "Para que serve a Suplementação?" e entenda mais sobre as propriedades dos suplementos alimentares...

Publicado em Sua Saúde

Corte calorias, mas com saúde!

Terça, 01 Novembro201114: 23 - C20111157000000Terça30UTC 023030p://p02p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_641R/f000000112011-11-01T14:23:57+00:003023201111.01pm30UTC.p02p

 

A escolha certa é essencial para estar em forma hoje e sempre!

Um estudo publicado no início deste ano mostrou que o essencial na qualidade da alimentação e emagrecimento é controlar o peso através de algum modelo (ou método) para contar a ingestão de calorias, ou seja, não importa erradicar o consumo de carboidratos, proteínas ou gorduras, mas sim monitorar a quantidade de comida nas refeições.

Só que algumas pessoas podem não entender isso como sinônimo de hábitos saudáveis. Hoje, sabe-se que para o emagrecimento é necessário um cardápio adequado, composto por alimentos nutritivos e que a qualidade na alimentação também é fundamental para a redução e manutenção do peso. No entanto, se o indivíduo se prender apenas na sua “meta calórica”, poderá se desvirtuar do propósito de refeições equilibradas e, assim, consumir “porcarias” em porções menores.

Opção Certa!

Comer alimentos gordurosos ou com maior quantidade de açúcar, com mesmo valor calórico de outros (mais saudáveis), não faz diferença? Ô se faz... As escolhas do que comemos implica em efeitos positivos ou negativos para nossa saúde. É verdade que mesmo com uma dieta repleta de frituras, gorduras e alimentos industrializados, em curto prazo, é possível sim emagrecer se a pessoa seguir a sua meta diária de calorias ingeridas, porém esse comportamento colaborará para malefícios, como colesterol alto e diabetes.

Respeitar as necessidades nutricionais é um dos quesitos para emagrecer e manter o corpo em forma. Vale ressaltar que na alimentação números idênticos não significa mesma qualidade.

Seguem alguns exemplos:

 

 

300 Kcal  Pastel de Carne  *Lanche Natural Integral
200 Kcal  Salgadinho Industrializado 40g  Salgadinho de Soja 40g
105 Kcal  Refrigerante 250 ml  Suco de Açaí 250 ml
360 Kcal  Batata Frita Média (Fast Food)  **Wrap Napolitano
200 Kcal  Sorvete de Chocolate (1 bola)  Doce de Abóbora com Coco (3 colheres de sopa) 


*
Recheio de atum em água, cenoura, queijo cottage light, ricota e beterraba.
** Recheio (berinjela, abobrinha, tomate, cebola, mussarela de búfala em azeite) 

 

Entenda como esses alimentos mais saudáveis contribuem para sua saúde:

• Pão Integral: rico em fibras que promovem a saciedade;

• Cenoura, Abóbora e Beterraba: atividade antioxidante que protege o corpo contra os radicais livres; além das fibras que melhoram o trânsito intestinal;

• Açaí: rico em compostos antioxidantes e ácidos graxos que diminuem o depósito de gordura nas artérias, prevenindo doenças cardiovasculares;

• Soja: ajuda a prevenir certos tipos de câncer, combater doenças cardíacas e é a fonte mais rica de proteína de origem vegetal.

Publicado em Sua Saúde

Parabéns para a Terceira Idade!

Terça, 01 Novembro201114: 02 - C20111142000000Terça30UTC 023030p://p02p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_626R/f000000112011-11-01T14:02:42+00:003002201111.01pm30UTC.p02p

 

Na semana passada, dia 27 de fevereiro, comemorou-se o Dia do Idoso e, para homenagear essa admirável camada da sociedade, preparamos uma matéria especial para exaltar a importância de uma alimentação adequada também ao longo do envelhecimento, afinal, saúde é sinônimo de qualidade de vida. Um costume que precisa ser evitado é de acrescentar açúcar refinado em algumas frutas para “melhorar” o sabor azedo ou muito cítrico. Evite esse hábito! O ideal é consumi-la in natura. No entanto, se optar em deixar a fruta um pouco mais doce, prefira colocar mel (em pouca quantidade) que trará mais benefícios à saúde.

Apesar de ser mais calórico do que o açúcar, o mel tem um valor nutritivo maior e, em proporção menor, já oferece o efeito desejado em adoçar tal alimento. Outra opção é o açúcar mascavo. Ele contém o mesmo valor calórico do que o normal, porém não sofre o processo de refinamento, o que o torna melhor em relação às qualidades nutricionais.

Ocasiões Especiais

Se for a uma festa ou reunião, atente-se a uma alimentação saudável sem deixar de se divertir. Confira as dicas:

• Comece sua refeição com um prato farto de salada. Utilize como tempero azeite, sal e limão deixando de lado os molhos prontos.
• Dê preferência para carnes que tenham menos gordura (e as brancas). Assados em primeiro lugar!
• Caso tenha somente frituras controle a quantidade.
• Nas massas ou risotos escolha as que sejam preparadas com molho de tomate no lugar dos molhos com queijo e derivados.
• Na sobremesa fique atento às quantidades e, se possível, opte pelas que sejam preparadas com frutas.

Importância do Exercício!

Uma pesquisa publicada no “Archives of Internal Medicine” demonstrou que o treino de resistência e exercícios aeróbicos são as melhores formas de diminuir a resistência à insulina e as limitações funcionais em idosos obesos e sedentários.

Publicado em Sua Saúde

Memória é Saúde

Terça, 01 Novembro201113: 54 - C20111113000000Terça30UTC 013030p://p01p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_620R/f000000112011-11-01T13:54:13+00:003054201111.01pm30UTC.p01p

 

memoria

Pesquisa aponta que reduzir calorias ajuda na saúde mental.

Se você segue, há algum tempo, a Dieta dos Pontos e ingere uma quantidade menor de calorias do que no passado, possivelmente tenha ajudado a sua memória a estar melhor e mais eficiente hoje do que antes. De acordo com estudo realizado por um grupo de cientistas da Universidade de Münster, na Alemanha, uma dieta com menos calórica auxilia diretamente no progresso da memória.

Durante três meses, 50 pessoas com idade média de 60 anos foram acompanhadas pelos pesquisadores. Para determinar melhor os resultados, foi feita a seguinte divisão: o primeiro grupo de idosos teve a ingestão de calorias reduzida em 30%; o segundo grupo teve o consumo de ácidos graxos insaturados (encontrados nos peixes, por exemplo) aumentado em 20%; já o terceiro grupo seguiu uma dieta normal.

Após o período, aplicou-se um teste de memória a todos os voluntários. Então, constatou-se que o primeiro grupo (com restrição calórica) conseguiu mais pontos que os demais. Além disso, esses idosos apresentaram sinais de melhora física, com uma queda nos níveis de insulina. Segundo os cientistas, essas alterações são explicadas por manter as células cerebrais mais saudáveis. Há teorias de que a redução calórica diminuiria a produção dos chamados radicais-livres, que provocam o envelhecimento celular, o que ajudaria ainda a ampliar a longevidade e a retardar o início de doenças relacionadas ao envelhecimento.

O fato de a gordura afetar a memória e o aprendizado foi documentado inicialmente em 1986. Pesquisadores do Instituto Clark de Psicologia, em Toronto, Ontário, aplicaram testes em ratos, onde o primeiro grupo consumia banha e o segundo era alimentado por soja. Os que ingeriram soja demonstraram maior capacidade de encontrar a saída de um labirinto.

De acordo com a Nutricionista do Emex Kelly Fu Yu Chen. (CRN-3/9786), as células do sistema nervoso são compostas por uma camada lipídica (camada de gordura) na sua parte externa, no entanto, esta camada é proveniente de gorduras boas, tais como os ômegas: “Quando uma pessoa tem na sua alimentação uma alta ingestão calórica, proveniente principalmente de gorduras ruins (gorduras saturadas, trans e frituras), estas gorduras ruins desestruturam a camada lipídica das células nervosas, dificultando a sinapse (a comunicação entre elas), afetando a memória do indivíduo, assim como o seu nível de cognição e raciocínio."

Através de pesquisas, fica cada vez mais evidente a importância de alimentar-se corretamente e os benefícios para a saúde física e mental. Nosso corpo agradece!

Publicado em Sua Saúde
Pagina 7 de 7

blue green orange red

Nossos serviços são complementares à consulta com um médico ou nutricionista, não substituindo os serviços ou orientações destes profissionais.                                                                                      EMEX NUTRIÇÃO ORIENTADA. Todos os direitos reservados.

Login

Log in to your account or

Log in with Facebook

Register

«
»
Loading…