Emagrecendo

especial

Quinze dicas para não engordar no inverno!

Terça, 01 Novembro201117: 39 - C20111140000000Terça30UTC 053030p://p05p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_777R/f000000112011-11-01T17:39:40+00:003039201111.01pm30UTC.p05p

Confira aqui algumas dicas parra passar o inverno sem brigar com a balança

 

Noites de fondue 
Vá a esses eventos com pouca fome, vá só para beliscar. Se não agüentar, faça fondue de queijo magro, como ricota. Dê sempre preferência aos queijos brancos. 

Cuidados com os lights 
É importante lembrar que o alimento mesmo na versão light deve se consumido moderadamente.

Alô, chocólatras! 
Chocolate dietético não resolve nada, pois tem a mesma quantidade de gordura do normal. 

As doces tentações 
Evitar doces, principalmente elaborados com chantilly ou creme de leite. Substitua por doces a base de frutas e de preferência consumir as frutas frescas, pois são mais saudáveis e menos calóricas. 

Vinhos 
Uma taça de vinho por dia não mata ninguém. Mas não extrapole no álcool. Além de calórico, o hábito de beber demais não é nada saudável. 

Refrigerantes nas refeições 
Não tome nada durante a refeição. Refrigerantes têm até 37% de açúcar. Mesmo os lights possuem gases que propiciam a retenção de líquidos e dilatam o estômago. Se quiser, tome um refrigerante light quando não estiver comendo.

Bebidas quentinhas 
O café tem um teor calórico baixíssimo. Tome café com leite desnatado e adoçante. Beba mais chás de ervas. As sopas sem creme de leite também são uma boa opção, principalmente as de legumes. 

É proibido proibir! 
Nenhum alimento é proibido. Você pode comer de tudo, desde que tenha limite. Se der uma escapadinha, queime com esportes.

Nada de ficar sem comer
Nunca pule refeições e não fique sem comer. Fazendo essa loucura, você não perde gordura, perde massa muscular magra. Faça, no mínimo, quatro refeições ao dia. 

Coma mais vezes
Diminua o intervalo entre as refeições. Aproveite que o organismo gasta mais energia para manter a temperatura corpórea e aumente a ingestão de lanches durante seu dia. 

Mexa-se! 
Faça exercícios sempre. É igual a escovar os dentes. Os mais sedentários devem começar com uma caminhada diária e aos poucos partir para a musculação. Lembre-se daquela calça jeans que corre o risco de não entrar no seu corpo daqui a uns meses. 

Refeições diárias 
Substitua frituras por cozidos, assados ou grelhados e inclua saladas em pelo menos uma das refeições diárias para aumentar o aporte vitamínico/dia. Beba bastante líquidos, mesmo sem sede. 

Coma sem pressa 
O estômago não tem dente. Comendo rápido, você não mastiga o suficiente e faz com que seu estomago trabalhe em dobro. 

Suas roupas 
Use a roupa certa para o seu número. Nada de querer disfarçar com roupas largas. Seja sincero consigo mesmo. Roupas justas demais prejudicam a circulação e abrem espaço para as celulites. 

Hidrate-se 
Passe hidratante no corpo. Ele tem duas funções: além de hidratar, faz com que você não perca o contato com seu corpo. 

Tenha uma alimentação saudável, assine o Programa de Reeducação Alimentar do Emagrecendo.com.br.Clique aqui!

Publicado em A Balança e Você

Farinha de Maracujá X Gordura!

Terça, 01 Novembro201117: 34 - C20111117000000Terça30UTC 053030p://p05p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_773R/f000000112011-11-01T17:34:17+00:003034201111.01pm30UTC.p05p

O consumo na medida certa ajuda a diminuir a absorção de gordura!

 

Você já imaginou uma “farinha” que contribui para que seu organismo retenha menos gordura e ajude diretamente no emagrecimento? Pois é, ela existe: é a farinha de maracujá. E se você acha que a polpa é a principal fonte dessa outra benfeitoria errou. A pectina é uma substância que, no organismo, se transforma numa espécie de gel, o qual causa sensação de saciedde e dificulta a absorção de carboidratos e gorduras no organismo. Essa “maravilha” está na casca da fruta.

Como se não bastasse, a casca do maracujá é rica em Ferro, Cálcio, Fósforo, Pectina e Niacina (vitamina B). Além disso, a fruta é conhecida pelas suas propriedades tranqüilizantes. Nos últimos anos, pesquisas reforçaram a verdade sobre os benefícios do alimento, que é um dos mais populares do país.

"a farinha de maracujá dificulta a absorção de carboidratos em geral, inclusive da glicose, o que favorece no controle do diabetes"

Algumas empresas já produzem a farinha de maracujá. Atualmente, é possível encontrá-la à venda sem grandes dificuldades nos mercados de produtos naturais. Para incorporá-la ao cardápio, basta consumir dissolvida em água ou nos sucos como acompanhamento das refeições do dia (café da manhã, almoço ou janta). A dose diária vai depender da recomendação de cada fabricante.

Testes realizados na Faculdade de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comprovaram que a farinha de maracujá dificulta a absorção de carboidratos em geral, inclusive da glicose, o que favorece no controle do diabetes. Além disso, tal substância auxilia no controle do colesterol e fornece nutrientes essenciais.

Publicado em A Balança e Você

De bem com a balança!

Terça, 14 Maio201314: 15 - C2013504000000Terça31UTC 023131p://p02p.5UTC31/05pm5000000pmTerça/p31_635R/f00000052013-05-14T14:15:04+00:00311520135.14pm31UTC.p02p

Dúvidas comum e orientações para quem quer ficar em forma!

Publicado em A Balança e Você

Como Preparar a Comida?

Terça, 01 Novembro201116: 12 - C20111141000000Terça30UTC 043030p://p04p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_717R/f000000112011-11-01T16:12:41+00:003012201111.01pm30UTC.p04p

 

Frita, Assada, Cozida ou Grelhada? Qual a melhor opção para emagrecer?

Alguns alimentos são privilegiados por terem uma variação ampla no que se refere ao seu modo de preparo e nas opções de receitas. A carne bovina, por exemplo, dependendo do corte, pode ser frita, assada, grelhada ou cozida.

Certamente você já se perguntou qual a maneira mais saudável para preparar algum tipo de alimento. Isso vai depender de uma série de fatores.

A cocção, de forma geral, mantém ou melhora o valor nutritivo, aumenta a digestibilidade, impede o desenvolvimento de organismos ou substâncias prejudiciais à saúde, além de apurar a palatabilidade, ou seja, altera a cor, sabor, textura ou a consistência dos alimentos.

Vamos às características de cada tipo de preparação:

• Cocção em Líquido (Cozinhar na Água):
Pode haver perda de alguns nutrientes e vitaminas de acordo com a quantidade de água utilizada, tempo de duração e temperatura. No caso da carne bovina, a temperatura não deve ser muito alta para que cozinhe aos poucos e de maneira mais uniforme. Se for cozida mais do que o necessário, a carne ficará desidratada (seca) e menos macia. Adicionar o alimento à panela quando a água já está fervente permite que as perdas por difusão sejam menores.

• Cocção a Vapor (Panela de Pressão ou Não):
Realça a aparência dos alimentos e reduz as perdas dos nutrientes. Este tipo de cocção é um pouco mais lento em comparação ao anterior, porém os minerais, as vitaminas e os princípios aromáticos dos alimentos são mais bem conservados, já que não há perdas por difusão. Além disso, não requer a utilização de gorduras, o que torna as preparações menos calóricas e mais saudáveis. Na panela de pressão a temperatura de ebulição ultrapassa os 100ºC, o que reduz o tempo de cocção e conserva melhor as vitaminas.

• Calor Seco Com Gordura:
Esse método consiste nas famosas frituras com óleo, manteiga ou outros tipos de gordura, o que dobra e até triplica as calorias dos alimentos. Apesar de ser mais eficiente que o cozimento por ar quente em fornos e mais rápido que o cozimento em água (já que as temperaturas alcançadas pelo óleo, em processo de fritura, são superiores às alcançadas pela água em ebulição), durante o processo de fritura ocorre uma série de reações que prejudica as qualidades funcionais, sensoriais e nutricionais do alimento. Este é o procedimento de cocção mais calórico por ser muito rico em gordura. Vários pesquisadores têm demonstrado que o consumo excessivo de alimentos fritos representa riscos à saúde.

• Calor Seco Sem Gordura:
É o método que utiliza o ar seco sem adição de gordura, ou seja, assar ou grelhar (considerado um modo saudável de cozimento porque a gordura liberada pelo alimento escorre sem ser absorvida). Peixes, camarão, frangos e carnes vermelhas e até legumes são ótimas opções para grelhar. Evite espetar a carne com um garfo para não perder a suculência.

Publicado em A Balança e Você

O novo queridinho das dietas: Chá Vermelho!

Terça, 01 Novembro201115: 51 - C20111132000000Terça30UTC 033030p://p03p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_702R/f000000112011-11-01T15:51:32+00:003051201111.01pm30UTC.p03p

 

 

A mais atual opção quando o assunto é emagrecer!

A mais nova opção quando o assunto é emagrecer. O chá vermelho vem de Camellia Sinensis, mesma planta dos chás verdes e brancos. Atua acelerando a perda de peso, combatendo inchaço e diminuindo a fome. A grande diferença do chá vermelho é que ele é fermentado em um processo que demoraria 60 anos, mas que através de uma técnica - mantida em segredo - é fermentado em barris, processo que rende a cor avermelhada de terra e sabor terroso, sem amargor tradicional da camellia sinensis.

O chá vermelho é obtido de uma segunda oxidação especial das folhas de chá verde, o que as torna mais resistentes e lhes confere novas propriedades saudáveis e com os seguintes benefícios:
• Depurativo
• Ativa o metabolismo do fígado, ajudando a queima gorduras em vez de armazená-las.
• Reduz de forma significativa os triglicéridos, os níveis de colesterol (LDL) e o ácido úrico.
• Reforça o sistema imunitário e protege o organismo de algumas infecções.
• Desintoxica o organismo, evitando a retenção de líquidos.
• Facilita a digestão.
• Antidepressivo
• Desintoxicante, usado em tratamentos adelgaçantes e de beleza
• Rico em vitamina C, sais minerais, antioxidantes por acelerar a queima de gorduras e o metabolismo

Contra indicações: Gestantes, pessoas com gastrite e com arritmia cardíaca não devem consumí-lo.
O ideal é tomar, no mínimo, quatro xícaras ao longo do dia. Evite o chá à noite. Por ser rico em cafeína, pode atrapalhar o sono. Pode ser consumido em forma de chá, cápsula ou solúvel, e é encontrado em casa de produtos naturais.

Publicado em A Balança e Você

Conheça alguns super alimentos que ajudam a emagrecer!

Terça, 01 Novembro201115: 49 - C20111118000000Terça30UTC 033030p://p03p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_700R/f000000112011-11-01T15:49:18+00:003049201111.01pm30UTC.p03p

 


Prepare sua refeições de maneira adequada e mude o seu hábito alimentar!

É só ler a palavra “emagrecimento,dieta ou derivados” que os olhos já brilham para saber qual é a receita da vez, fixam na matéria, produto, artigo e afins, mas o que todo mundo esquece é que para emagrecer não é preciso milagre e sim a mudança do seu hábito alimentar. A receita mais natural e simples é saber os alimentos que devem ser consumidos no seu dia a dia e o melhor, existem aqueles alimentos que colaboram para este processo de “emagrecimento”. Mas lembrem-se, tudo deve ser consumido com moderação!

Confira uma lista de alimentos:

• Arroz integral: típico integrante das refeições dos brasileiros, o arroz tradicional deve ser substituído de vez pelo integral. Nessa versão, a película que reveste o grão é mantida e, com ela, são preservadas fibras, vitaminas e os minerais desperdiçados quando o arroz é polido. As calorias dos dois tipos são praticamente as mesmas.

• Feijão: mais um tradicional participante do prato brasileiro, esse tipo de legume é rico em proteínas livres de gordura saturada.

• Peixes: são fontes de ômega-3, um tipo de gordura importante na composição da membrana celular. Também desempenha um papel relevante na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares. Portanto, conte com as poucas calorias dos peixes para manter o equilíbrio da balança e da saúde.

• Alimento matinal composto de aveia e outros cereais, pedaços de frutas secas, amêndoas, castanha-do-pará, passas, açúcar mascavo, etc. Os cereais integrais mantêm o sistema de açúcar no sangue equilibrado, prevenindo o desenvolvimento do diabetes. A granola ainda melhora o funcionamento do intestino, previne doenças cardíacas e alguns tipos de cânceres.

• Nozes: elas se destacam pelo alto valor nutricional são ricas em proteínas, gordura dos compostos orgânicos, vitamina E, potássio e fibras. As nozes ajudam não só o emagrecimento, como a manutenção do peso. Só não exagere na dose, pois a ingestão excessiva pode levar ao ganho de peso.

• Maçã: 83% da composição dessa fruta é derivada da água, fazendo com que seu valor calórico seja baixo. A maçã ainda é rica em fibras, vitaminas, minerais e pobre em gorduras.

• Tomate: entre tantos benefícios, o tomate está relacionado à prevenção de cânceres como o de próstata, pulmão e estômago. A melhor forma para desfrutar de todas as vantagens do legume é ingeri-lo cozido ou processado.

• Água: Além de despontar como líder no ranking dos hidratantes, ela é capaz de espantar a sensação de fome se consumida regularmente ao longo do dia desde, é claro, que você não pule nenhuma refeição. E o melhor de tudo é que ela não agrega nenhuma caloria à sua dieta

• Chás: são ótimos estimulantes da função renal e ajudam a eliminar as toxinas com seu poder diurético. Durante a perda de peso, o chá favorece a pouca ingestão de alimentos, diminuindo assim, as calorias totais do dia.

• Leite desnatado: ele apresenta uma quantidade de gordura reduzida (e de calorias também), comparando à versão integral, ajuda a combater a osteoporose, já que é uma excelente fonte de cálcio. Somando suas qualidades, o leite desnatado pode ser considerado um parceiro ideal para ficar de bem com a balança.

Existem também aqueles famosos queimadores de gordura, que ativam o metabolismo e faz com que seu corpo queime as calorias, tais como: pimenta vermelha, canela, gengibre e mostarda. É bom acrescentar todos o dias um ou dois destes alimentos em sua dieta. Pode ser nas refeições principais ou no lanche, batido no suco, polvilhado no iogurte, frutas ou saladas.

Publicado em A Balança e Você

Dormir Engorda? Depende...

Terça, 01 Novembro201114: 44 - C20111101000000Terça30UTC 023030p://p02p.11UTC30/11pm11000000pmTerça/p30_655R/f000000112011-11-01T14:44:01+00:003044201111.01pm30UTC.p02p

Dormir mal é um fator de risco para a obesidade; saiba quais são os motivos!

A diminuição do tempo de sono é um fato comum na sociedade moderna, e vários estudos tem encontrado importantes associações entre o prejuízo no padrão habitual do sono e a obesidade. Uma revisão analisou o papel do sono e da sua alteração no desencadeamento da obesidade. Diversos estudos indicam que os indivíduos que dormem menos têm uma maior possibilidade de se tornarem obesos, e que o encurtamento do sono aumenta a razão entre dois hormônios: a grelina e a leptina.

A concentração do primeiro hormônio, a grelina (conhecido como hormônio da fome) aumenta e, do segundo, a leptina (conhecido como o hormônio da saciedade) diminui. O predomínio da grelina (produzida no estômago) gera um aumento do apetite e da fome. Isto pode estar associado à maior ingestão calórica e ao desencadeamento da obesidade.

“se você achava que dormir muito engordava, errou. Uma noite mal dormida é que aumenta o risco de ganho de peso”

Além de promover esta alteração hormonal capaz de aumentar a ingestão calórica, dormir mal pode possibilitar uma maior oportunidade para comer à noite. A perda de sono pode também resultar em cansaço, o que tende a diminuir o nível de atividade física. Outro potencial mecanismo inclui efeitos na taxa do metabolismo basal.

Dessa forma, um padrão adequado de sono torna-se fundamental para o controle da massa corporal, devendo ser incentivado pelos profissionais da saúde. Atualmente, existe um subespecialidade da neurologia que aborda os distúrbios do sono.

Fonte: Arq Bras Endocrinol Metab (2007) e www.portaldocoracao.com.br

Dica do Nutricionista:

“Existem duas substâncias que ajudam a ter um sono tranquilo, elas são a serotonina (um neurotransmissor) e também a melatonina (um neuro-hormonio). Alguns alimentos estimulam a produção de serotonina, eles são os alimentos fontes de carboidratos, semente de girassol e gergelim, leite, produtos a base de soja, entre outros. Por isso o famoso leite quente e suas variações antes de dormir são uma ótima opção para ajudar a ter um sono melhor. Alguns chás como o de erva camomila, maracujá e cidreira atuam diminuindo a agitação nervosa. O estado de tranquilidade favorece o bom sono”.

Publicado em Sua Saúde
Pagina 7 de 7

blue green orange red

Nossos serviços são complementares à consulta com um médico ou nutricionista, não substituindo os serviços ou orientações destes profissionais.                                                                                      EMEX NUTRIÇÃO ORIENTADA. Todos os direitos reservados.

Login

Log in to your account or

Log in with Facebook

Register

«
»
Loading…